terça-feira, 26 de agosto de 2014

Vocabulário Ortográfico Comum – VOC da Língua Portuguesa



http://escolaabertaceteb.blogspot.com.br/2014/08/vocabulario-ortografico-comum-voc-da.html
Previsto pelo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, firmado em 1990, o Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa (VOC) corresponde à plataforma “que alberga os instrumentos que determinam legalmente a ortografia da Língua Portuguesa”[1].

Em desenvolvimento sob a coordenação da instituição da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), o Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), o VOC recebeu o reconhecimento oficial dos estados-membros, em julho de 2014, em Díli, Timor-Leste, pela ocasião da X Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP e deve, até o final deste ano, substituir os instrumentos de âmbito nacional existentes nos países participantes.


“O VOC vem integrando gradualmente o Vocabulário Ortográfico Nacional (VON) de cada país da CPLP, após validação política e conformação com uma metodologia comum (...).”[2] Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e Timor-Leste já cederam seus corpora ao IILP.
Constituição – os procedimentos envolvidos na elaboração do VOC incluem a junção dos vocabulários já existentes nos vários países. Em Portugal (Vocabulário Ortográfico do Português – VOP) sob a coordenação de Margarita Correia, do Instituto de Linguística Teórica e Computacional (ILTEC) e, no Brasil, (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa – VOLP), 5.ed.) sob a coordenação de Evanildo Bechara, da Academia Brasileira de Letras, para exemplificar o processo.

Os estados-membros, desde 1990, constituíram equipes nacionais, compostas de 3 membros, para tratamento dos corpora que deverão integrar o VOC, implementado em plataforma centralizada que permite a homogeneização das obras, a OSLIN (Open Source Lexical Information Netswork), bem como a rápida criação de recursos lexicais, a sua gestão e a permanente inserção de dados.

“Cada corpus nacional terá no mínimo 30 milhões de palavras, distribuídas por subcorpora com texto literário (20%), jornalístico (25%), legislativo e de sessões parlamentares (25%) técnico (saúde, educação, ambiente, pesca e agricultura: 25%) e de proveniência variada (5%).”[3]

Antes de sua aprovação na X Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da CPLP (Díli, julho de 2014), a plataforma esteve aberta para consulta pública, de abril a julho de 2014, e a integração dos dados dos vários países lusófonos encontra-se em processo.
Prevê-se para o final de 2014 a disponibilização do VOC a todos os falantes e estudantes da Língua Portuguesa.


[1] Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa. Disponível em www.iilp.cplp.org/voc/.
[2] Idem.
[3] ALMEIDA et al. Vocabulário Ortográfico Comum (VOC). Disponível em <http//gel.org.br/estudoslinguisticos/volumes/42/EL.>.


Por Magda Querino


Referências
ALMEIDA, Gladis Maria de Barcellos; FERREIRA, José Pedro; CORREIA Margarita e OLIVEIRA, Gilvan Müller de. Vocabulário Ortográfico Comum (VOC): Constituição de uma base lexical para a Língua Portuguesa. In ESTUDOS LINGUÍSTICOS, São Paulo, 42(I): p. 204-215, jan.-abr. 2013. Disponível em: <http//gel.org.br/estudoslinguisticos/volumes/42/EL. Acesso em: 21/8/2014.
INSTITUTO INTERNACIONAL DA LÍNGUA PORTUGUESA. Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa – Página Inicial. Disponível em: <http//.iilp.cplp.org/voc/>. Acesso em 21/8/2014.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...