segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

É Vero! #29: As Chuvas Chegaram - Xô Umidade


Às vezes saímos de casa com a promessa de um lindo dia de sol e de repente, contrariando a meteorologia, o tempo muda. Chuvisco ou toró, tudo encharca, por mais que nos protejamos. Voltamos com os sapatos molhados e as roupas úmidas que, depois de uma breve limpeza, ligeiramente secos, voltam para seus lugares no armário.





Ao procurá-los para usar novamente, 
dias depois, o sapato mudou de cor, 
está verde no armário e com as roupas cheirando a mofo!





Nesta época, percebemos os inconvenientes das mudanças climáticas, chuva, sol, mofo, infiltração, goteiras, dengue...

Como identificar se o problema é estrutural da casa onde você mora ou somente questão de atitudes cotidianas?

Umidade e bolhas na pintura das paredes e forros, manchas de mofo nos pisos de madeira e fundos de armários, roupas fedidas são problemas comuns, mas que tiram o sossego de todos.

Para evitar tudo isso, climatização e ventilação cruzada, aliadas à insolação natural, são fatores que ajudam a manter a salubridade dos ambientes domésticos, já que o aumento da umidade propicia a proliferação de bactérias e fungos prejudiciais à saúde, causando crises alérgicas, rinite, problemas de pele, dor de cabeça etc.

Como primeiro passo em direção à solução desses problemas, se eles  forem percebidos como graves, será necessário contratar a visita de um especialista para rever a impermeabilização de toda a habitação.

Depois, devemos saber o momento de abrir e fechar portas e janelas para arejar o ambiente, limpando, mantendo, trocando e secando o ar. Sempre abrir as portas e janelas, principalmente as voltadas para o sol, deixando luz e ar tomar conta do ambiente, circulando, evaporando e espantando a umidade, fechando-as logo que perceber alguma umidade atmosférica a anunciar chuva ou a brisa do entardecer.

Se todos saem para trabalhar e a casa fica fechada o dia todo, combine: o primeiro a chegar abre portas e janelas, e deixa o vento passear, trocando os ares e as energias estagnadas na casa. 

Ao sair, deixe pequenas e seguras frestas abertas para auxiliar a circulação do ar. Mas não permita que a casa respire a umidade do ar externo, o que fará com que as paredes suem ao condensar o ar e o mofo se acomode! Limpe tudo com uma solução de bicarbonato e vinagre (receita a seguir). O vinagre remove o mofo e o bicarbonato neutraliza odores.

Eis aqui alguns “conselhos” para afastar da sua vida os incômodos da umidade típica dessa época do ano:




    • Em dias mais úmidos, evite lavar o piso interno com água em abundância que pode acumular em cantos ou sob os móveis, demorando a secar. Passe pano com a solução de bicarbonato e vinagre com o dobro da medida de álcool para evaporar e secar rapidamente.

    • Evite guardar roupas usadas sem antes arejar, tirar a poeira e secar bem de qualquer umidade corporal ou climática!

    • Evite guardar as roupas recém passadas se ainda estiverem quentes. Pense quando você tampa uma panela com algo quente dentro...

   • Tire o excesso de roupas do seu armário (roupas fora da estação), para que haja espaço para ventilação entre os cabides.

    • Em dias quentes e secos, deixe as portas do armário ou gavetas abertas para permitir ventilação extra entre as peças de roupas. Apenas não permita que tomem sol ou luz em demasia o que pode fazer descorar algumas roupas.

    • Nunca guarde roupas, sapatos, cintos ou bolsas em embalagens plásticas. Elas não deixam o ar circular favorecendo o aparecimento de manchas. Use embalagens de TNT que permitem a passagem do ar.

    • Use acessórios antimofo dentro das gavetas e entre prateleiras (saches de giz, sílica, sal grosso, bolinhas de cânfora etc.).

    • Aproveite para aromatizar os sachês (cravo, louro) e seque ou troque logo que estiverem úmidos.

    • Não deixe tapetes, toalhas ou roupas molhadas dentro da casa fechada. Pendure no varal na área de serviço para secar bem.

    • Higienize os tapetes e cortinas com frequência e afaste um pouco os móveis das paredes.

    • Use lâmpadas incandescentes ou circuladores de ar nos ambientes que retêm mais umidade.

    • Esvazie todo o armário, leve tudo para ventilar enquanto limpa com a solução já citada ou a solução clorada (receita a seguir), e providencie novos sachês se a umidade ou odor estiverem críticos.

    • Seque muito bem antes de devolver tudo para evitar acidentes de manchas definitivas nas suas roupas, quando usar a solução clorada.

    • Faça potinhos antimofo personalizados para colocar nos armários:

    • Passe uma leve camada de cera em pasta ou um pano levemente embebido em querosene se o móvel for de madeira encerada ou envernizada. Lustre e deixe secar e sair bem o cheiro antes do uso.

    • Coloque em cantos discretos, potinhos com vinagre ou esponjas embebidas nele. Ajuda a afastar alguns insetos, odores e bolores! Troque a cada 7 ou 10 dias.


Solução de bicarbonato e vinagre para limpeza do ambiente


  - 1 litro de água
  - 200ml de vinagre branco
  - 1 colher (sopa) de bicarbonato sódio
  - 100ml de álcool
  - essência opcional

Misture os ingredientes em um recipiente grande, colocando o bicarbonato por último com cuidado com a reação ao misturá-lo. Pode causar uma reação química se não observado  quantidade certa. Deixe descansar um pouco e use em um borrifador ou como solução de enxágue. Se desejar, use gotas de sua essência preferida: baunilha, alfazema, ervas variadas....Pode ser usado sobre tecidos, tapetes ou estofados, tirando o cheiro do mofo. Também em interior de armários, estofados e teto do carro, em tênis com chulé, etc.. quando usar no interior de móveis, deixe secar bem antes de usar.

Solução clorada


  - 1 litro de água
  - 1 colher de sopa de água sanitária a 2%

Não use a água sanitária com corantes, aromatizantes ou detergente. Misture em um recipiente plástico somente a quantia que for usar. A solução perde o efeito entre 3 e 6 horas. Também não guarde nada neste período para não manchar.


Na próxima semana, continuando ainda neste mesmo assunto, veremos alguns cuidados com sapatos e falaremos sobre o grande terror: cabelos arrepiados, que tanto afligem  mulheres ou homens nesta época. Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...